localizador vehicular gps tracker rastreador gsm gprs sms programa para espiar cualquier tipo de celular gratis here link here vendo celular espia free blackberry messenger spy app como espiar el whatsapp de alguien mas est espiar celulares 2013 i spy books for android programa espiar whatsapp spy descargar press site

Mês:

fevereiro, 2012

Nosso existir
O homem está absolutamente só no universo.  Deus , se é que existiu um dia, abandonou sua própria obra a si mesma,  ou, quem sabe, de tão velho, já morreu.
Cada um de nós, em sua essência,  no seu âmago é,  irremediavelmente,  solitário. Iremos morrer um dia e o ficará de nós será apenas e tão somente indeléveis pegadas nos caminhos tortuosos da consciência e da inconsciência daqueles que amamos um dia. Absolutamente nada mais.
O homem simplesmente existe. Nada para cada um de nós está determinado, tudo o que somos , tudo o que nos aconteceu ou acontecerá foi e será fruto de nossas decisões e ações.  Não somos como os animais, pois cada qual é absolutamente  “inocente” de seu destino.
A nossa vida, a existência de cada um de nós,  é um processo que encetamos. Dentre as inúmeras possibilidades que possuimos  e que se abrem a cada momento, escolhemos ou rejeitamos x, y ou z. Cada ser humano possui TODA A LIBERDADE PARA ESCOLHER, e destas escolhas resulta a essência do que somos, das relações que construimos, da identidade com que nos vemos.  Não nos esqueçamos de que NÃO ESCOLHER também é ESCOLHER.
É esta LIBERDADE que nos torna irremediavelmente responsáveis por TUDO O QUE FAZEMOS. Mesmo assim, esta liberdade é contingente. Muitos fatores externos interferem na realização da LIBERDADE. Devemos, entretanto, assumi-los a cada passo, até aí caminha a nossa responsabilidade perante a vida.
O viver só pode ser agradável se aquela LIBERDADE for assumida; se a responsabilidade por cada ato nosso for assumida a cada instante.  Quando deixamos de exercer a liberdade para agirmos ,  renunciamos igualmente ao nosso papel de agente do destino e nos transformamos EM SEU OBJETO.
Sempre está em NOSSO PODER ALTERAR NOSSA EXISTÊNCIA, pois nossa liberdade só cessa com a morte. A busca da felicidade passa por assumirmos que absolutamente nada é regido por um “destino” alheio a nós.
Nós construimos cada degrau da escada de nossa existência. Enfim, para o bem ou para o mal somos os únicos responsáveis por nós mesmos.
Assim vejo o homem. É muito duro, áspero, não há concessões e nem ilusões. Mas viver a LIBERDADE, saber-se responsável por cada ato e nada esperar além de nossa própria ação. Nisto consiste a beleza de viver.

Continue lendo